Rubifen As Duvidas

Olá a todos,venho aqui neste blog tentar ajudar os pais que tal como eu têm dúvidas e poucas respostas em relaçao á medicação que é feita em crianças hiperactivas.Sou mãe de duas crianças, um com seis anos e uma com seis meses.A hiperatividade,como é óbvio, foi diagnosticada ao meu filhote de seis anos.Já há muito tempo que desconfiava que o meu filho era hiperativo,alias ate lhe achava uma certa piada ter um filho que está sempre pronto para fazer tudo, a qualquer hora,até isso começar a influenciar o seu aproveitamento escolar.Frequentou a pre-escola onde ja ai se notava grandes problemas,tais como,nao comer sem birras,nao fazer trabalhos,nao parar quieto,as queixas da educadora eram varias,mas sempre acrescidas das palavras:-è uma criança extremamente carinhosa e meiga.Quando passou para o primeiro ano,teve imensas dificuldades,quer dizer ,eu tive imensas dificuldades,pois para ele tudo é brincadeira.Nao ficava um dia inteiro na sala,só duas a três horas de manha e o resto era passado no corredor a brincar ou ao lado das auxiliares.Isto todos os dias desde o principio do ano letivo até á um mês atras.Como diz  professora é uma criança super inteligente,a mais inteligente da turma,pois responde certo a tudo,sabe a materia toda ,ajuda os outros com dificuldade,mas nao para quieto nem calado,ao ponto de a secretaria dele ser a da professora pois é uma das maneiras que ela arranjou de o conseguir manter na sala.Sempre com a frase:-é uma criança extremamente carinhosa.Bom tantas vezes fui chamada á escola ,tantas vezes que ouvia da parte da prima  que partilha a mesma sala de aula:-hoje ele veio para rua,portou-se mal. Tantas vezes que os trabalhos de casa nao vinham para casa,nem os livros,as fichas incompletas,enfim...Decidi entao submete-lo a uma avaliaçao no qual foi entao diagnosticado a hiperactividade.Nao posso deixar de dizer que ate aqui muitas foram as pessoas que o acarinhavam,mas tambem existe aquelas pessoas muito más ,que optam por falar mal,entao o meu filho foi rotulado de mal educado,sem educaçao,porque quem tem filhos hiperativos sabe que eles nao têm paciencia para certas coisas,nem toleram ser contrariados,pois ja basta em casa os pais estarem sempre a dizer para estar quieto,agora nao.etc.A essas pessoas ainda hoje passo por elas e sorrio,porque o meu filho tem uma explicaçao para certas explosoes de raiva,explosoes essas que ja nao existem,mas essas pessoas nao tem explicaçao para tanta ignorancia e tanta falta de inteligencia.Bom estou mais ou menos a tentar resumir o mais possivel,tudo  que se passou.Começou entao a decisao de tomar o tal medicamento cheio de contra indicaçoes e efeitos secundarios.O que fazer?Será que vou drogar o meu filho?Será que lhe vou fazer mal?Já com o medicamento na mao olhei para o meu marido e disse :-Eu nao vou dar isto ao miudo!Vou sim consultar vários médicos sobre este medicamento.E assim fiz,sem muito sucesso,porque ninguem sabe o que responder e se foi prescrito por uma neuro pediatra quem sao eles para contradizer,mas as expressoes cada vez que se fala no medicamento rubifen dizem tudo.Como nao consegui que ninguem me explicasse afinal que efeitos teria o comprimido no rapaz nao tive outro remedio senao experimentar e ver com os meus proprios olhos e rezar para que aqueles efeitos secundarios nao aparecessem.Comecei com meio comprimido de manha durante dois dias,depois com um comprimido de manha tambem durante quatro dias e depois com um de manha e um depois de almoço(estas tomas foram feitas conforme indicado pela medica).Falo de um comprimido de 5mg pois com seis anos a dosagem nao deve ser maior que isso.Bom fiz as coisas de maneira a que aquando das duas tomas do comprimido de manha e á tarde fosse fim de semana a fim de verificar o estado em que o meu filho ficava.Nao tenho nada a dizer a nao ser coisas boas,o comportamento dele nao muda assim tanto,fica mais calmo sem duvida,mas nao como um drogado,nem nada que se pareça,fica mais atento a tudo o que se diz,na escola é só fichas completas com avaliçao de bom e muito bom.Está excelente.Passando o efeito do medicamento volta a ser ele a 100 á hora.O meu marido e eu ate costumamos comentar:-Prontos ja passou o efeito do comprimido.Em relaçao aos efeitos secundarios,continua a comer normalmente,a dormir normalmente,queixou-se duas vezes de doer a cabeça ,mas uma coisa muito suave,a barriga mas tambem muito suave e só duas vezes.Por isso aos pais que se sentem com sérias duvidas e com muito receio de medicar os seus filhos,façam-no pois melhora a vida deles em 300 por cento.Sao melhores alunos pois conseguem expressar aquilo que sabem,dao-se melhor com as outras crianças,é bom em todos os aspectos.E pelo menos no meu filho nao houve efeitos secundarios nenhuns,nada daquilo que la vem escrito no folheto do medicamento.Estou muito contente por ter decido dar o medicamento ao meu filho e apesar de ter sido uma escolha dificil,foi uma escolha acertada.Em caso de duvidas que possam ter estou disponivel para ajudar naquilo que puder.Beijos e muita força para todos.

publicado por betafilipe às 00:27
link do post | comentar | favorito